As músicas sertanejas mais tocadas em 2016

Mulheres ratificam domínio e fecham 2016 com as músicas mais tocadas no país

 

Pelo menos, desde 2014, quando passou a existir uma forma eficiente e confiável de monitoramento de execuções das músicas nas rádios de todo o Brasil, o sertanejo segue seu domínio absoluto, e 2016 é o primeiro ano em que as mulheres do gênero mostram de fato a sua força e conseguem colocar quatro Últimas Notícias Compartilhar As músicas sertanejas mais tocadas em 2016 Mulheres ratiycam domínio e fecham 2016 com as músicas mais tocadas no país! músicas entre as dez mais executadas do país. A informação é da Connectmix – especializada em monitoração (audiência) de áudio. Em 2016, a música “Pronto falei”, do cantor Eduardo Costa, liderou o ranking com 627.210 execuções. Em 2014, com o hit “Sapequinha”, o cantor ocupou a nona posição. E, no ano seguinte, ycou em quinto lugar com a música “Os 10 mandamentos do amor”. “Seu Polícia”, da dupla Zé Neto e Cristiano, foi a segunda canção mais tocada de 2016. A faixa foi executada 587.233 vezes. Eles ainda emplacaram na 51ª posição da mesma lista, o sucesso “Sonha comigo”. Uma das maiores duplas da história da música sertaneja, Jorge e Mateus, pelo terceiro ano consecutivo, colocam pelo menos uma faixa no TOP 10. Em 2016, “Sosseguei”, em nono lugar, tocou 440.236 vezes. Depois de ter o hit “Domingo de manhã”, como a música mais tocada em 2014 – e “Aquele 1%” ocupando a 13ª colocação no ano de 2015 – Marcos e Belutti voltaram a ocupar um lugar no TOP 10, com a faixa “Romântico anônimo”, como a sexta música mais tocada do ano de 2016. Em oitavo lugar, Wesley Safadão é o único cantor fora do sertanejo no TOP 10. Gusttavo Lima fecha a lista, em décimo, com “Que pena que acabou”. As músicas sertanejas mais tocadas em 2016 – MULHERES Em um gênero amplamente dominado pelos homens, o sertanejo viu essa supremacia ser derrubada de forma avassaladora pelas mulheres em 2016. Levando em consideração os últimos três anos, Paula Fernandes era, até então, a cantora de maior destaque neste cenário. Mas, ainda assim, sua maior projeção nas rádios foi em 2014, quando encerrou aquele ano na 25ª posição, com a regravação do sucesso “You’re still the one”, da cantora Shania Twain. Com canções românticas ou agitadas, mostrando a versatilidade feminina, Naiara Azevedo, Marília Mendonça e Maiara e Maraisa ganharam grande destaque nacional em 2016. O hit “50 reais” de Naiara Azevedo, foi ouvida 583.941 vezes nas rádios de todo o Brasil, o que coloca ela como a terceira música mais executada do ano. Marília Mendonça vem logo a seguir, em quarto lugar, com o sucesso “Infiel”, executada 552.502 vezes. As gêmeas Maiara e Maraisa foram as únicas artistas a colocarem duas músicas no TOP 10. “Medo bobo” foi a quinta música mais tocadas em 2016, com 529.295 execuções. Em sétimo lugar, “10%” tocou 524.713 vezes. Também é importante ressaltar a evolução no ranking de outras mulheres. Paula Fernandes, com “Piração”, fechou o ano em 19ª lugar. Simone e Simone ocuparam a 26ª posição com “Quando o mel é bom”, e a 31ª com “Meu violão e nosso cachorro”.  merecem destaques em 2016. Embora não tenham uma música entre as 10 mais tocadas, Henrique e Juliano, Matheus e Kauan e Luan Santana, conseguiram emplacar pelo menos três singles entre o TOP 50. “Como é que a gente yca” em 11ª, “Flor e o Beija-zor” em 15ª, e “Na hora da raiva” em 20ª, foram os sucessos de Henrique e Juliano. Matheus e Kauan tiveram “O nosso santo bateu” em 12ª, “A rosa e o Beija-zor” em 35ª, e “Que sorte a nossa” em 44ª. Com o hit “Escreve aí”, Luan Santana teve a música mais tocada de 2015. No ano de 2014, com a faixa “Cê topa”, ele ocupou o décimo lugar. Fora do TOP 10 pela primeira vez, desde 2014, em 2016, Luan Santana emplacou “Eu, você, o mar e ela” em 13ª, “Chuva de arroz” em 24ª, e “Cantada” em 38ª. Vale destacar que a Connectmix leva em consideração as canções executadas em todas as rádios do Brasil – cerca de seis mil emissoras AM e FM monitoradas 24 horas por dia. 

 

Sucesso Sertanejo - Diego Vivan (Colaborador)